segunda-feira, 31 de março de 2008

Christopher McCandless


Christopher J. McCandless (12 de fevereiro de 1968 - agosto de 1992) foi um viajante americano que morreu perto do Parque Nacional Denali depois de caminhar sozinho na selva alasquiana com pouca comida e equipamento. O autor Jon Krakauer escreveu um livro sobre a sua vida, Into the Wild, publicado em 1996, que em 2007 foi adaptado em filme dirigido por Sean Penn, Into the Wild, com Emile Hirsch como Christopher McCandless.

McCandless cresceu em Annandale, Virginia. O seu pai, Walt McCandless, trabalhou para a NASA como um especialista em antenas. A sua mãe, Wilhelmina "Billie" Johnson, foi secretária do pai de Chris e depois ajudou Walt a fundar e dirigir uma bem sucedida empresa de consultoria.

Desde da infância os seus professores notaram que Chris era extraordinariamente enérgico. Conforme cresceu, ele uniu isso a um intenso idealismo e resistência física. Na escola, ele foi o capitão da equipa de cross-country onde ele estimulava os seus companheiros a considerarem a corrida como um exercício espiritual no qual eles estavam "a correr contra as forças da escuridão... todo o mal do mundo, todo o ódio."

Ele graduou-se no W.T Woodson High School em 1986 e na Emory University em 1990, especializando-se em história e antropologia. O facto de vir da classe média alta e ter sucesso acadêmico escondeu um crescente desprezo para o que ele via como o materialismo vazio da sociedade americana. Os trabalhos de Jack London, Leo Tolstoy e Henry David Thoreau tiveram uma grande influência sobre McCandless, e ele sonhava em deixar a sociedade para um período thoreauniano de contemplação solitária.

Depois de se graduar em Emory em 1990, ele doou todas as suas economias $24.000, como caridade para Oxfam International e começou a viajar pelo país, usando o nome "Alexander Supertramp." McCandless fez a sua rota pelo Arizona, Califórnia, e Dakota do Sul, onde ele trabalhou numa máquina elevatória de grãos. McCandless alternou entre períodos relativamente fixos, nos quais ele foi bastante gregário e freqüentemente trabalhou num emprego, e passou tempos a viver sem dinheiro e pouco ou nenhum contacto humano, às vezes conseguindo comida com sucesso na selva. Ele sobreviveu a diversas provações perigosas durante estes períodos selvagens, como perder o carro na enchente relâmpago e fazer canoagem sozinho descendo rápidos remotos do rio e ao longo do Golfo da Califórnia. McCandless obteve orgulho em sobreviver com o mínimo dos equipamentos e fundos, e geralmente fez pouca preparação para as suas expedições.

McCandless sonhou com uma "Odisséia Alasquiana" durante anos: ele viveria livremente na região, muito distante da civilização, e manteria um diário descrevendo seu progresso físico e espiritual conforme encarasse as forças da natureza. Em abril de 1992 McCandless teve sucesso em viajar pedindo boleia até Fairbanks, Alasca. Ele foi visto vivo pela última vez por James Gallien, que lhe deu uma boleia de Fairbanks até Stampede Trail. Gallien ficou interessado por "Alex", que tinha pouco equipamento e nenhuma experiência na mata alasquiana. Gallien tentou convencer "Alex" a adiar sua viagem e ainda ofereceu boleia para ele até o ancoradouro para comprar equipamento adequado. McCandless recusou toda assistência excepto um par de botas de borracha, duas latas de atum e um saco de salgadinhos.

Após machar a Stampede Trail McCandless achou um autocarro (ônibus) abandonado, e usou este como um escudo de caça deixado numa região coberta de vegetação da trilha perto do Parque Nacional Denali e começou a sua tentativa de viver livremente na região. Ele carregou para o autocarro (ônibus) um saco de 5 kg de arroz, uma espingarda de calibre 22, muita munição, um livro da vida das plantas locais, entre outros livros, e algum equipamento de camping. Ele assumiu que poderia colher plantas e caçar pássaros. Apesar de sua inexperiência como caçador, McCandless pegou algumas pequenas caças, pássaros e um alce. Entretanto, suas tentativas de preservar a carne falharam.

O seu diário contém registos cobrindo um total de 113 dias diferentes. Esses registos cobrem do eufórico até o horrível, com a mudança de sorte de McCandless. Depois de viver com sucesso no autocarro (ônibus) por diversos meses, Chris decidiu sair, mas encontrou o trilho de volta bloqueado pelo Rio Teklanika, que tinha inundado consideravelmente mais em abril.

Em 6 de setembro de 1992, dois trilheiros e um grupo de caçadores de alce acharam esta mensagem na porta do autocarro (ônibus):

"S.O.S. Eu preciso da sua ajuda. Estou aleijado, quase morto e fraco demais para sair daqui. Estou totalmente só, não estou a brincar. Por amor de Deus, por favor, continuem a tentar salvar-me. Estou lá fora a apanhar frutas nas proximidades e devo voltar esta noite. Obrigado, Chris McCandless. Agosto?"

O seu corpo foi achado no seu saco de cama dentro do autocarro (ônibus). Ele encontrava-se morto há mais de duas semanas. A causa oficial da morte foi fome. Jon Krakauer acredita que McCandless morreu por ingerir sementes de batata selvagem (Hedysarum alpinum), que McCandless mencionou nos seus registos, sendo os efeitos desta devastos para o organismo humano.

Essa espécie de batata não é considerada venenosa — a sua raiz é comestível, mas há evidência de que suas sementes contêm um alcalóide que interfere no metabolismo da glicose pelo organismo. Entretanto, Dr. Thomas Clausen da Universidade do Fairbanks no Alasca conduziu testes extensivos nas sementes encontradas no acampamento de McCandless e constatou que não continham toxinas ou alcalóides. (Note que esta é a teoria que Krakauer apresenta no seu livro sobre McCandless, e difere da teoria anterior que ele relatou no seu artigo da revista Outside, envolvendo outra planta, Hedysarum boreale mackenzii, uma ervilha de cheiro semelhate à batata selvagem e conhecida por ser venenosa.)

Na edição mais recente do seu livro, Krakauer modificou subtilmente a sua teoria com respeito à causa de morte de McCandless. Ele acredita que as sementes da batata selvagem encontravam-se com mofo e foi este o agente que contribuiu para sua toxicidade.

O livro de Krakauer fez de McCandless uma figura heróica para muitos. Em 2002, o autocarro (ônibus) abandonado em Stampede Trail onde McCandless acampou tornou-se um ponto turístico de aventura. O filme de Sean Penn Into the Wilde, baseado no livro de Jon Krakauer, lançado em setembro de 2007 foi bem recebido pela crítica, incluindo quatro estrelas de diversos grandes críticos como Roger Ebert. Em 21 de outubro de 2007 o filme tinha 81% de avaliação 'fresca' na crítica de filmes do banco de dados do Tomates Podres. Um filme documentário sobre a viagem de McCandless feito pelo produtor de filmes independente Ron Lamothe, The Call of the Wild, também deve ser lançado em 2007. A história de McCandless também inspirou um episódio da série de TV Millenium e canções populares do cantor Ellis Paul, Eddie From Ohio e Harrod and Funck.

Diferente de Krakauer e muitos leitores de seu livro, que possuem em grande medida uma visão simpática de McCandless, alguns alasquianos possuem uma opinão negativa tanto de McCandless e daqueles que romantizam a sua morte. McCandless estava inconsciente de que vagões operados manualmente cruzavam o rio a 400 metros do Stampede Trail, enquanto um abrigo nas redondezas estava abastecido com alimentos de emergência, como descrito no livro de Krakauer. O guarda-florestal do Parque Alasquiano Peter Christian escreveu: "Eu estou exposto continuamente ao que chamo de 'fenômeno McCandless'. Pessoas, quase sempre homens jovens, vêm ao Alasca para se desafiarem contra um implacável cenário selvagem onde oportunidade de acesso e possibilidade de resgate são praticamente inexistentes... quando você considera McCandless da minha perspectiva, você apercebe-se que o que ele fez não foi particularmente corajoso, apenas estúpido, trágico e inconsciente. Primeiro de tudo, ele gastou muito pouco tempo a aprender como realmente se vive na selva. Ele chegou em Stampede Trail sem um mapa da região. Se ele tivesse um bom mapa ele poderia ter saído daquela situação difícil... Basicamente, Chriss McCandless cometeu suicídio."

Judith Kleinfeld escreveu no Notícias Diárias do Ancoradouro que "muitos alasquenses reagiram com raiva a essa estupidez apelidada por muitos de "aventura". Tem-se que ser um completo idiota, para morrer de fome no verão a 30 km de distância da estrada do parque, disseram eles."

domingo, 30 de março de 2008

Vale a pena assistir..


Um filme que vai deixar você um pouco pensativo, nos fazer esqucer um pouco da nossa era "materialista".
Bom ator, boa fotografia e boa trilha sonora Into the Wild - Eddie Vedder .

quinta-feira, 27 de março de 2008

Muito bom esse som!


· Assistir o clipe da música na TV Vaga-lume

· Concorra a prêmios!

· Participe da comunidade do Vaga-lume no Orkut

· Acesse www.vagalume.com.br

My Hall




...

quarta-feira, 26 de março de 2008

Cursos e mais cursos



Ontem estava conversando com minha colega a “Lú”, que treinou comigo o muay thae. Ele pediu para ser mandada embora da empresa, depois de 5 anos trabalhando na Michelle (uma loja de surfware). Ela estava de saco cheio e que agora engrenar na função de administração. Falei que breve iria fazer o curso de administração no SENAC E SEBRAE e ela vai querer fazer também. Assim que eu sair daqui em abril bem no inicio de maio vou meter bala e fazer os cursos para Ter mais conhecimento para a Cdigital.
Na verdade quero fazer tudo crescer, e juntos faremos.
Bjus e fiquem com Deus
¹²³£i£y® *¬¬*
≈≈••≈≈

Aninha sumida


Aninha sumiu do mapa, depois que estar namorando sério ela não comenta mais no meu blog e nem manda mais noticias pelo orkut, hoje se eu entrar no meu vou mandar um scrap para ela escrachando ela por não me mandar mais noticias! Antes conversamos muito, mais agora hã!, ela sumiu mesmo e fala que é a faculdade! Não vou aceitar mentiras e desculpas! Até no msn quando esto lá ela não estar mais...onde estar a Aninha?
Ps: fucei o meu orkut ontem a noite e vi que ela tinha dado uma passadinha no meu, mais mandei uma mensagem para ela reclamando da sua ausência, vamos ver o que vai dar.

Arco Íris



Estava me lembrando de ume festa que eu fui junto com a minha mãe, tia Rejane e minha prima Priscila antes de ir embora para São Paulo lá no centro do Recife. Era uma festa muito animada, mais o lema da festa era um “arco Íris”, daí você pode imaginar.
Na verdade era aniversario de um os colegas que trabalhava com ela que era “gay” e o marido dele estava também por lá.
Era muito divertido, mais muito mesmo, as pessoas animadas e dançavam só música estilos “dance eletrónica”, foi uma das ultimas festas que fui solteira, estava ansiosa e ao mesmo tempo querendo ir de encontro ao Caio que estava em São Paulo a minha espera. Para você Ter idéia a festa tinha até uma camiseta preta como convite, bem estilo “drag”, mais adorei a organização da festa...parece que não era festa de aniversário não, e sim festa de casamento deles....era isso mesmo!
Posso dizer que eu aproveitei a minha vida de solteira, e não tenho mais saudades de nada por que passou e aproveitei quanto era tempo.

O que podemos fazer?



Estava assistindo um filme nacional ontem que abordava sobre a Ditadura Militar no Brasil por volta de 1966. Eu fico pensando, foi um período que o Brasil sofreu por não Ter liberdade de expressão. As torturas eram de traumatizar qualquer ser humano...nossa, as vezes eu penso que se fosse neste época de hoje muitas coisas poderiam melhor em termos de criminalidade e outra coisas. Não, tão abuso de autoridade como era naquele tempo.
Qual será a melhor forma de mudar o nosso pais? Elegendo os caras certos? Seno menos um e ir embora para outro pais ou votar nulo?
O que o nosso pais tem de bonito temos de terror também.
Vamos ver o que podemos fazer!

Positividade



Essa semana tem que começar assim, com coisas positivas, e depois de carregar as energias durante um final de semana bem prolongado.
Uns viajaram e outros preferiram ficar em casa para por algumas coisas em ordem, esse foi o nosso caso. Além de fazer algumas coisas em casa, eu vi muitos filmes com o meu marido, e dormir além do que mais deveria. Isso é tão gostoso!
Não vejo a hora de começar a trabalhar com o meu marido. Estou tão ansiosas isso é ruim por que já estou sonhando e acordando de madrugada com qualquer barulho e os pânicos podem voltar.Tenho que voltar a dormir mais tranqüila e sem Ter ansiedade. Só vou sair definitivamente da empresa dia 30/04, por que vou cumprir meus 30 dias e mais 13 dias das minhas ferias que eu tirei.
Bjus e bom inicio de semana!

sexta-feira, 21 de março de 2008

Onde fica o ponto G




Ponto G existe? Será? Onde ele fica? Você já achou o seu? Quanto tempo levou para encontrá-lo? Como o encontrou? E quem garante que o encontrou? Como ele é exatamente? Há quem diga que o tal Ponto G fica num labirinto, bem lá dentro da vagina. Você acredita nisso? Ou será que tudo não passa de mais uma invenção para que as mulheres pensem que foi descoberto um dos maiores segredos do tão procurado orgasmo feminino?

Ponto G é uma questão polêmica entre os estudiosos de sexualidade. Uma parcela dos sexólogos acredita na existência dele e até indica o mapa da mina. Porém, a maioria dos terapeutas e educadores sexuais (e eu me encaixo nesse grupo), afirma que Ponto G não existe. Ou melhor, ele pode existir sim, mas não na vagina – e sim na cabeça!

Explico melhor: não há relatos científicos que comprovem a existência de tal ponto no corpo feminino. Quanto à cabeça ser a chave de tudo, isso se deve ao fato de que o segredo para a mulher sentir prazer e ter orgasmo se relaciona a questões emocionais. É daí que vem a teoria de que o Ponto G, se existisse, estaria na cabeça e não em um labirinto dentro da vagina.

O prazer feminino é maior quando a mulher está relaxada, tranqüila, despreocupada, consciente de suas áreas de prazer (ou seja, quando ela sabe onde e como gosta de ser tocada). Estresse, ansiedade, cobranças internas (pensamentos do tipo: "Tenho de conseguir sentir prazer") e preocupações (como "Será que ele está gostando de mim?", "Será que ele está me achando gorda?", "Será que isso... será que aquilo...") são fatais à excitação e, em conseqüência, ao orgasmo.

É uma bobagem ficar se preocupando em achar esse tal Ponto G. E se chatear porque nunca o encontrou. O melhor é se concentrar em outras coisas mais importantes, como perceber mais a fundo o seu corpo (e o do parceiro também). Você já experimentou tatear, de forma erótica, toda a região genital? E outras partes do corpo, como barriga, pernas, bumbum, coxas, mamilos etc? Esse é um excelente exercício de descoberta de zonas erógenas, algo que com certeza abrirá caminho para mais prazer e mais orgasmos.

Laura Müller

quarta-feira, 19 de março de 2008

A falsidade estar solta


Já postei sobre mil e uma coisa em meu blog, mais um assunto que até agora não toquei foi a respeito de “falsidade”, isso sim, me tira do sério.
A pior coisa é você confiar em outra, contar seus segredos, seus problemas e derrepente por outros motivos a pessoa de dá as costas. Já aconteceu comigo diversas vezes. Quer um exemplo? Hã! nem vou citar, por que a carapuça pode cair! Mais que dá vontade de fazer uma pequena lista por ordem de grau, isso dá, mais não vou comprometer “pessoas”...hum, deixa me ver o significado desta palavra, “Falsidade”: Mentira, Calunia... acho que tem mais coisas que o dicionário não quer citar para não humilhar, bom, mais deixa isso para lá por que posso magoar.
Uma coisa eu digo, sou na minha, tranqüila evito de Ter papo com pessoas por que u sou boca “solta”, falo na lata, mais as pessoas existem em querer se aproximar de mim e acaba depois sem saber se sair, ai sim que eu vejo a qualidade de pessoas que eu confiei.
Bjus e fiquem com Deus

Vai saber que estação estamos!


Um dos grandes problemas da Cidade de Curitiba e saber qual é a estação do dia.
Tipo; hoje por exemplo: acordei com o céu todo garoando, sai até de guarda-chuva, mais quando eu chego no tubo, passa! Lá para umas 8:30 da manhã o sol sai, mais ainda tem um ‘friozinho”. Agora por volta das 15:25 um sol de rachar a cabeça. E para variar estou eu de: body preto, com uma blusa de manga” preta”, por baixo uma cinta (queimar as gordurinhas localizadas”.
Não só imigrantes reclamam, mais os nativos daqui mesmo se questionam a mesma dúvida que nós temos :” Que estação é hoje?”.
O jeito e sair de manhã de casa com um casaco no corpo, por baixo uma roupa leve e na bolsa uma pesada, ai sim você se sente preparada para andar em Curitiba.
Lembrei o meu marido é uma figura. Ele comprou pela Internet um filtro para tomar água, mais falei para ele se realmente daria em nossa torneira da cozinha, ele me disse que claro que daria que não haveria problema algum pois os adaptadores dele era para qualquer tipo de torneira. O nosso pedido chegou no Sábado no inicio da noite, ele foi buscar na casa da minha sogra, e para nossa surpresa...não deu! Teremos que gastar dinheiro comprando outra? Torneira...
Bjus e fiquem com Deus

Ansiedade é fogo!


Estou tão ansiosa que nem tenho assuntos para postar. Pelo menos essa semana.
Ontem estava conversando com o Caio, fazemos tantos planos para o nosso futuro e isso é tão bom!
O Caio disse que além de cuidar da área administrativa da empresa terei que aprender o CSS. Bom, pelo que eu vi o meu cunhado fazendo é um pouco “embaçado”, mais nada que uns dias vendo e praticando não resolva. Vou Ter que Ter muita paciência.
Para mim será até bom, vou Ter tempo de fazer meus cursos e de começar a terapia com uma psicóloga.
Continuo lendo a apostila de HTML, é bem básica mais tenho que Ter pelo menos uma noção da coisa, por que o que u vou aprender é bem mais pratico e bem mais eficiente que o HTML.
Bjus e fiquem com Deus

Notinha


Ontem recebi um email de Dannuzy mostrando a barriga dela. Estar enorme! O menino será um gigante!...Esse Gabriel vai dar trabalho!
Ela ficou de me ligar, mais não tive retorno ainda, essa semana ela vai dar noticias, o mais importante que estar com aparência de saúde.
Hoje pela manhã eu e Caio decidimos então que eu vou pedir para sair da empresa. Não há motivos, só por que eu quero dar um apoio a equipe do Caio, que precisa de uma administração e uma ajuda. Estou disposta a novos conhecimentos, isso tudo pelo meu futuro e o nosso futuro, afinal de contas é o patrimônio dos nossos filhos.
Bjus e fiquem com Deus

terça-feira, 18 de março de 2008

Meu passado me condena!


Olha q ridiculo eu com uma lata de cerveja na mão!
CREEEEEEEEEEEENDO!

Do you ?


Junior olha tu ai!

segunda-feira, 17 de março de 2008

Breve passada


Só estou de free lance aqui, mais estou prepadando o resumo da semana em outra maquina.
Aha, tenho novidades e outra essa semana será maisa curta pelo fato de ter um feriado. Como eu trampo em Curitiba e moro em São José dos Pinhais (que será feriado de aniversário na quarta-feira)...bem que poderia rolar ai virava ter feriadão a semana todaaaaaa!
bjus e fiquem com Deus

sábado, 15 de março de 2008

Patrick Hernandes Disco Music 70

Beber muita água é bom para a saúde?


Tornou-se consenso a idéia de que todos devem ingerir, no mínimo, dois litros de água por dia para manter o organismo em equilíbrio. Contudo, poucos se questionam sobre os benefícios deste hábito. Aliás, é realmente saudável beber tanta água assim?
De acordo com o clínico geral Paulo Olzon, a quantidade adequada para cada um é variável. Além disso, o médico afirma ser infundada a preocupação de tomar uma quantia mínina, porque o próprio corpo desempenha este controle. "Devemos beber água sempre que sentirmos sede. Não acontece de ingerirmos menos líquido de que precisamos, exceto em casos especiais, como febre muito alta ou coma", afirma o médico.

O especialista ainda ressalta alguns inconvenientes da mania de beber água sem parar. "A pessoa pode até acordar no meio da noite para ir ao banheiro e acabar gerando uma insônia por conta disso", diz Olzon.

A nutricionista Fabiana Schimdt também põe abaixo a obrigatoriedade de ingerir ao menos dois litros diários. "Existe este padrão, mas nem sempre é verdadeiro", afirma. "As necessidades calóricas variam de pessoa para pessoa, assim como a quantidade de ingestão de água. O tipo de atividade física realizada também altera este percentual", acredita.

É quase impossível crer que beber muita água possa trazer conseqüências desagradáveis ao organismo. Porém, o excesso nunca é saudável. "A ingestão excessiva dilata o estômago e faz com que a pessoa coma mais. Outro problema é a diminuição do suco gástrico, que acaba atrapalhando a digestão", explica Fabiana.

Nesta questão, o que vale mesmo é usar o bom senso e respeitar os sinais do corpo.

Mas, o urologista Pedro Assaf acredita ser difícil consumir água demais no Brasil, já que por ser um País quente as pessoas bebem água conforme sentem a necessidade de se hidratar e acabar com a sede. "O importante é não se esquecer de tomar água para manter os rins e a pele saudáveis", finaliza.

Serviço:
Fabiana Schimdt - nutricionista
Site: www.agapeclinica.com.br

Paulo Olzon - clínico geral
Email: olzon@terra.com.br

quinta-feira, 13 de março de 2008

Vida de cachorro é uma moleza!



Resolvemos não ir viajar. O Caio queria ir para casa de praia do Michel, mais acho fora de conjutação, sei lá peguei um abuso de freqüentar a praia em feriado...é que o pessoal daqui tem mania de ir para praia em feriado e temporada, ai fica lá aquele monte de gente poluindo a ar com aquelas músicas irritantes, fora a imundice que deixam a praia. Não, vamos quando tiver uma grana, como uma vez que fomos um final de semana para a Ilha do Mel, sem povão e sem aglomeração.
E outra, quero tirar o feriado para cuidar da minha casa, do meu marido sairmos para jantar, passear com o Hiron que durante a semana mal temos tempo de dar atenção para ele. E por falar em Hiron ele estar ficando muito folgado. Como ontem estava chovendo e nós ficamos com pena dele por sentir a nossa falta resolvemos deixar ele um pouco dentro de casa. No quarto de visita tem uma casa e quando ele estava com a pata machucada colocamos um lenços para ele dormir encima do colchão. Só que ele é do tipo “se eu usei é meu”, acha que tudo é dele e fica com ciúmes.
Voltando ao assunto, ontem Caio deixou ele na cozinha, (ele se enrola todo no tapete que fica entre a entrada da sala e da cozinha), mais eu pedi para o Caio não deixar ele dormir dentro de casa, mais ele acabou só fechando as portas dos quartos e colocando na entrada da casa dois tamboretes evitando a passagem dele pelo resto da casa, mais quando eu acordo pela manhã quem estar deitado em meu sofá? Ele! Ainda se espreguiçando...ai meu deu uma raiva por que o meu sofá fica cheio de pêlos dele. Tive que limpar pela manhã, e ainda por cima ele ficou com medo de mim, por que eu bato nele.
Bjus

Você sabia?


Surubim

Designação comum aos peixes actinopterígios, siluriformes, pimelodídeos, gêneros Platystomatichthys, Pseudoplatystoma e Sorubim, de porte avantajado, corpo geralmente amarelado, com pintas ou faixas escuras, cabeça muito grande, achatada. Algumas espécies podem atingir até 3m.

Piá
Qualquer menor que não é branco e trabalha como peão de estância.

Igreja - O conjunto dos fiéis ligados pela mesma fé e sujeitos aos mesmos chefes espirituais.
Universal - Que não se atêm a uma especialidade; que abrange quase por inteiro um campo de conhecimentos, de idéias, de aptidões, etc.:
Reino - Domínio, esfera, âmbito:
Deus- Ser infinito, perfeito, criador do Universo.

Tempo velho mano tempo...


Meus projetos tem que se concretizar o mais rápido possível. Eu parei e vi que meus cursos de fotografias terão que esperar um pouco, tenho que dá prioridade aos de administração por que já estou quase com a arma no gatilho (que gesto mais inadequado de se expressar, né?), para iniciar com meus futuros chefes.
Ontem não tive tempo de dar uma passada em meu blog para postar, mais farei isso na Sexta a noite quando a minha agenda estará livre para o computador. Tenho que começar a impor limites por que sempre que entro na Internet perco a noção do tempo e acabo não fazendo nada que eu quero fazer ai fico só enrolando e acaba meu fim de semana e não fiz “NADA”!
Estou lendo as partes teóricas de uma apostila sobre HTML, não vai me ajudar 100%, mais vai aumentar os meus conhecimentos e esclarecer as minhas duvidas sobre Web. Mais nada melhor que o meu love para me explicar. Quero me destacar e correr atras, isso é bom aumenta o meu “ego”. (O eu de qualquer indivíduo)
Feriadão estar chegando. Viajar? Falta grana! A minha sogra talvez vá para Sampa e nos convidou, bom é uma boa vantagem para nós sair um pouco do Paraná e matar a saudades de Sampa. Podemos fazer um seguinte: pegar uma carona com eles e de lá vamos para Sampa mesmo por que talvéz eles vão para Sorocaba, ai vai ser legal e aproveitamos para ficar na casa do Edu...saudades de Sampa viu!
Bjus

Nada haver...


Estou aqui para postar que faz tempo que eu não entro em contato com o meu Blog. Não o deixei de lado, magina, mais que estou procurando administrar o meu tempo e pretendo fazer a minha própria agenda diária, isso é um bom sinal de mudanças.
Essa semana começa a minha aceleração.
Ontem fui me deitar na cama e tentei ler um livro, mais neste meio tempo pensei um pouco na minha vida e o que eu posso evoluir em meu blog. Nada haver né? Mais quero mudar muitas coisas.
Entrei em uma comunidade para você postar o link do seu blogger para outras pessoas Ter acesso, mais que bobeira, eu não quero que outras pessoas que não me conhecem, nem sabem o meu paradeiro possa entrar, ver minhas coisas pessoais. Chega! Não quero mais divulgar o meu blog, só para aqueles que me conhecem e que tem curiosidade de saber minhas opiniões, pensamentos, momentos...sei lá “EU”.

Ps: o Caio mudou o site: www.cdigital.com.br

De quem é a culpa?


Entro em um assunto complemente delicado, mais é um caso que acontece normalmente na família e na sociedade mundial. Abortar sim ou não? Es a questão!
Agora es a questão. Por que a Igreja Católica é contra o aborto? Sim, tem casos que eu sou contra como por exemplo abortar por que engravidou por uma simples diversão com o namoradinho ou “um esqueminhas de uma noite”. Pow, tantos métodos e tantas formas de se evitar uma gravidez indesejada, e por que não se informa melhor. Informação tem demais, mais é a famosa “ignorância de conhecimento”.
Vi aquele filme “Juno”, ele é bem interessante neste ponto de vista. Ao invés de muitas mulheres e meninas sem conhecimentos deverias doar os filhos assim que dessem a luz nos hospital, mais ao contrario do que vemos ela relaxa ao educar a criança.
Hoje pela manhã eu assisti uma reportagem de uma criança de 3 anos de idade no meio da rua com uma 38 (pistola) na mão, e a mãe falou que não tinha o conhecimento daquela arma nas mãos da criança. E ai, como devemos lidar com esse tipo de coisa? Deixando as mães despreparadas abortar ou prosseguir com a gestação e não saber dar educação, acompanhamento, atenção, carinho e amor. Como será essa criança com seus 12 anos de idade? Um pequeno delinqüente, por que? Por que ele quis? Não, por que foi essa educação que seus pais deram.É revoltante!
O que eu quero explicar é que eu apoio o aborto de um feto mal formado e que ponha em risco a saúde da mãe, só não aceito quando é provocado por descuidos. Apoio adoção legal, tipo que de dá de papel passado para outra mulher que não pode Ter filhos.
Bjus e fiquem com Deus

sábado, 8 de março de 2008

Ela esteve aqui...

Eu me Precipitei


eu me precipitei
com coisas que pensei e recebi uma grande lição
nem tudo é como a gente quer
desde entao finquei meus pés no chao.
sou reu confesso e nesses versos assumo ja que errei
liberdade eu tanto prezo quanto prego mais desrespeitei
a felicidade tanto existe quanto insiste todo dia
basta eu capitar
sentimento nao da pra se cobrar
amor é coisa pra se conquistar
lua cheia o tom de odoiá
doce som do mar
sentimento nao da pra se cobrar
amor é coisa pra se conquistar
lua cheia o tom de odoiá
doce som do mar

quinta-feira, 6 de março de 2008

?


Ainda não concluir a apostila de HTLM, falta muito, e para falar a verdade comecei a ler hoje pela manhã dentro do ônibus a caminho do trabalho, mais as técnicas e surgimentos da Internet...blá blá blá.

Correria...


Ufa, eu quase que não estou fazendo o resumo da semana para o meu blog, os motivos: corre – corre no meu trabalho, a minha colega de escritório perdeu o beber, fiquei muito triste pois era um sonho para ela, mais infelizmente aconteceu mais esta fatalidade em sua vida. Deus não irá despreza-la, tem algo muito bom a vim para a vida dela, depois desta tempestade.
Ontem fui scaniei umas fotos minhas antigas, quero resgata-las já que com um tempo perde a qualidade e estar ficando escuras devido a folha preta do álbum que eu fiz para elas. Vou fazer scaner de uma em uma para depois restaurar no phs.
Domingo é dia das mulheres, para ver como estou tão desligada que nem me lembrava deste detalhe, e pôr isso estamos programando neste fim de semana ir jantar no Sábado e no Domingo almoçar fora...a convite do meu queridinho.
Ah, outra coisa que eu não tinha me ligado, era o feriado na Sexta feira dia 21. Vou curtir a minha familiar, e passear com o meu dog.
Bjus e fiquem com Deus

Como diz Renato Russo: “O mundo anda tão complicado”


Não vejo o porquê de passar as minhas noites enfrente a TV e assistir “Big Bother”, não pare! Que isso, onde estar a nossa cultura?
Na minha época de criança era muito bom, hoje o mundo estar dando voltar ao contrario.Lembro que a minha mãe era fogo, quando chegava à noite nos deixava ver o “Clud da Criança” (que na época era a Xuxa apresentadora da TV Manchate), e depois nos colocava na cama. Nem a minha mãe era Betania a nossa babá. Isso acho que nem era 8 horas da noite, mais tínhamos que estar dormindo mesmo sem sono, por que tv não gerava educação para as crianças durante a noite.
No final da tarde sim, tinha o Sitio do Pica Pau Amarelo, me divertia muito e morria de medo da “Cuca”, cheguei a ter pesadelos com ela me atacando, coisas de criança né?
Nos domingos tinha “Os trapalhões”, meu irmão rachava a bolacha der tanto rir, por que realmente engraçado e nós éramos muito leigos.

Até hoje quando eu me acordo de 5:30 assisto Chave a noite quando dê vejo, por que eu viajo no tempo da minha infância, é gostoso e ao mesmo tempo me vejo em uma sessão de terapia, por saber que eu vivia em uma geração gostosa.
Hoje, eu fico abismada com a educação que os pais dão a os seus filhos. Criança dançando danças a cantando musicas vulgares e coitadas nem sabe o que falam, mais os adultas sabem e acha isso “lindo”, que cultura PODRE!
Onde vamos parar? A TV tem sexo explicito, nas bancas de jornal você ver nas ruas revistas de mulheres com a bumba da sua cara... Na internet nem se fala que é barbaridade.
Acho que eu tenho que trabalhar muito para educar os meus filhos da minha forma e fazer o que meus pais faziam, mesmo a minha mãe me dando umas boas palmadas, não deixei de ser uma pessoa correta na vida. Tive meus deslizes, é comum na geração “coca-cola”, mais mesmo assim vejo e ouço coisas que tem valor e utilidade. Estávamos falando essa semana com uma mulher que dona de uma floricultura próximo de casa, ela era fanática pelo Elvis, e uma coisa que ela falou que achei a mais pura realidade. As musicas de antes era bem mais valorizadas e vivem até hoje na cabeça das pessoas daquela geração e da mais nova geração, e as de hoje? Será que nossos netos lembrarão? Impossível? Quem ver uns exemplos?
1- New Kids On The Block;
2- Hanson
3- Lokomia
4- Menudo
Ixi nem vou citar mais por que posso dar vantagem para essas porcarias... Isso que eu não site funk! (nossa, acabei de poluir meu blog)
Bjus e fiquem com Deus

Cada cabeça um mundo


Cada um usa o seu blog como quer da forma que queira, eu uso para papos pessoais e coisas que rolam no meu momento. Já que não tenho amizades por aqui, converso com o meu blog, isso depois de contar as minhas coisas para o meu querido amor.
O blog do meu irmão está cada dia mais divertido e bem descontraindo, eu gosto de ir lá quando tenho acesso ao meu, marco a minha presença... Sei que ele não fala nada de mim, isso é normal, mais mesmo assim caduco o dele.
Por falar em coisas relacionadas à internet, eu contei que eu refiz meu terceiro pro file no orkut? Então, eu fiz, e encontrei uma galerinha das antigas de diversos lugares que eu conheço, mais todos me fazem a mesma pergunta:” Quando você vem para Recife?”, certo que a maioria nem sabe onde eu estava me escondendo. Uns achavam que ainda estava em Sampa e outros nem imaginava que eu estava no Brasil, de tanto me conhecerem como uma pessoa que levava a ávida de “cigana’, não pelo fato de cultivar a estava filosofia, mais sim por inesperadamente me locomover de moradia”.
Bjus

Fofocas da semana


Ontem eu dei uma passada bem flash para dar uma olhada nos meus postes. Havia um comentário, mais só em detalhes, falta ainda conferir de perto.
Estou em plena terça-feira de sol em Curitiba, há uns ventos muito fortes dês de ontem, até cheguei a pensar que era chuva forte que estava por perto, mais era apenas nuvens e mais nada, bem que eu gostaria que fosse como à sexta-feira no final da tarde que chovia sem parar. Hum! Pedimos uma pizza para ficar vendo filmes, é muito bom.
Falei com a minha avó no sábado para matar a saudade, e ela havia me contato que a minha prima que estava noiva há cerca de seis anos ia finalmente se casar. Coitada, eu me casei, Priscila se casou e tem uma filha e a coitada lá noivando, eu que não ia querer esperar por tanto tempo assim. Quando ontem a minha mãe me liga me falando outra bomba (era de se esperar), que esta minha mesma prima estava grávida de dois meses... Já começou 2008 encomendando o herdeiro.
Beijos e fiquem com Deus