terça-feira, 15 de julho de 2008

Mais um na mira da policia

Tudo bem que que a policia brasileira está super despreparada, isso nos estamos vendo no dia a dia nos telejornais.
Domingo uma jovem foi vitima do "tira depois vêr que é...", ela simplismente morreu sem saber o por quê!
Olhem esta notícia, até ai eu vejo que a culpa não foi da policia, isso é se realmente os ladrões atiram primeiro na policia, claro que eles tem que reagir.
Cenas de telejornal mostram que refém foi tratado como bandido
JB Online
RIO - O telejornal SBT Rio mostrou imagens exclusivas, feitas na noite desta segunda-feira no momento em que os policiais militares interceptaram o carro em que estava o administrador Luiz Carlos Soares da Costa, 36 anos. A vítima foi morta em uma troca de tiros entre policiais e o bandido que o seqüestrou, em Bonsucesso.
As cenas, flagradas na Avenda Brasil por volta 21h pelo repórter cinematográfico José Lucas, mostram os PMs com as armas apontadas, cercando o veículo. Em outra imagem, aparece uma pistola caída no chão, que seria do bandido. Em seguida, um policial retira Luiz Carlos do lado do carona do carro, sem o menor cuidado. Ele é puxado pelos pés e o corpo dele bate no chão. O PM ainda empurra o braço de Luiz Carlos com o pé. Um policial pega a arma que estava no chão e bota sobre o capô do carro do administrador.
No flagrante ainda é possível assistir ao socorro: mais uma vez Luiz Carlos, e também o bandido, são levados sem qualquer precaução para o carro do Batalhão Prisional, que seguiu para o Hospital Geral de Bonsucesso.
O relações públicas da PM, coronel Rogério Leitão disse, em entrevista à Globo News, que vai apurar o que ocorreu e os PMs poderão ser responsabilizados pela conduta. Em outra declaração ao RJTV, Rogério Leitão comentou que os policiais, que trocaram tiros com o bandido, agiram em legítima de defesa e que o procedimento que adotaram foi correto. os policiais não foram presos.
Luiz Carlos era funcionário da Infoglobo e trabalhava em Duque de Caxias. Ele voltava para a casa, no Cachambi, por volta das 21h, quando rendido por por Jeferson dos Santos Leal, 18 anos, na saída da Linha Amarela para a Avenida Leopoldo Bulhões, em Bonsucesso.
Um carro do 22º BPM (Maré), que passava pelo local no momento do assalto perseguiu o veículo até São Cristóvão, onde começou o tiroteio.

3 comentários:

Bruno Cortezão disse...

Eu vou linkar! pode deixar qnão tinha esquecido nao! é q na hora q te respondi ontem eu estava caindo de sono... rs ainda bem q vc so colocou meu banner agora pq por causa desse sono eu tinha colado o código errado! rs. se vc quiser q eu poste o banner da sua empresa, passe o código q eu coloco.

vlw.

No céu é sempre domingo disse...

Reagir com tiros p matar... Não, a policia n deve agir assim, mas age. Infelizmente!
O bandido n está preocupado c a vida do próximo, mas a policia TEM que está. Por isso ele pode fazer qualquer coisa menos atirar para matar. Principalmente se não tiver certeza de quem está ali. Mas é Brasil, e amanhã veremos a ausência de punição, para eles, já para nós...Cada dia mais punidos.
Lembro-me de uma vez que fiquei com uma arma apontada na cabeça por um policial, numa batida a vendedores de drogas aqui em um metrô. Ele chegou e não se preocupou em mandar os que estavam em volta, na frente ou atrás do “garoto com drogas” abaixarem, primeiro procedimento de segurança a ser tomado. Pergunto: e se o bandido tivesse armado o que aconteceria??
Eu tenho medo de policia, nada me deixa mais nervosa do que um por perto.


teu blog tá lindo, flor...
adorei esse negocio de mostrar as postagens novas, bem legal!

No céu é sempre domingo disse...

Sem duvidas esse assunto causa a furia até das pessas mais tranquilas...Portanto, sorry por qualquer palavra erronia...xeru